Como ser um bom vendedor no varejo?

Ser um bom vendedor no varejo é difícil. Você precisa ter jogo de cintura, muito poder de convencimento e mais algumas coisas que vamos falar hoje!

No Brasil, segundo uma pesquisa da Costumer Insights, existiam mais de 4 milhões de vendedores diretos, gerando um faturamento de mais de 41 bilhões/ano. Mundialmente, os brasileiros são conhecidos por serem os vendedores mais rápidos, segundo a Pipedrive Inc.

Ou seja, o Brasil é um ótimo país para vendas, além da criatividade única. Mas então, como ser um bom vendedor no varejo? O que não posso esquecer?

1. Conheça quem é seu cliente

Relacionamento com o cliente: como o marketing irá ajudar

Primeiramente, para entender como ser um bom vendedor no varejo, você não pode esquecer de conhecer bem o seu público. Saber quem você vai atender e como aquela pessoa gostaria de ser atendida é muito importante para ter bons resultados,

Isso porque, se você entende como ela quer ser tratada, também saberá que estratégias de vendas utilizar. Evoluindo, também pode definir personas e planejamentos para cada uma, entendendo suas maiores dores e desejos.

2. Conheça seus produtos de cor e salteado

Canais de venda: conheça os mais eficientes no mercado

Em segundo, você precisa ter conhecimento sobre o produto ou serviço que está vendendo. Entender como funciona, o que pode melhorar, quais são os melhores produtos para fazer comparações e especulações com o cliente pode ser útil.

Dessa forma, você tem mais confiança em sua apresentação e mais autoridade para responder às dúvidas do cliente. Assim, geramos no cliente uma sensação de segurança quando ele finalizar a compra ou realizar sua decisão sobre o assunto.

Isso porque muitas vezes, o cliente pode estar só pesquisando, mas se você souber responder essa pergunta a e alinhar com a persuasão, pode ter uma venda.

3. Seja persuasivo e honesto

Como ser persuasivo para vender mais viagens/ Blog Monde

Para ser um bom vendedor no varejo, você precisa ter muito jogo de cintura para persuadir e conquistar o seu cliente. Ser honesto e buscar elaborar estratégias para venda é essencial.

Portanto, para ser um bom vendedor, você precisa entender das armas de persuasão e aprender mais sobre marketing. Provoque emoções, conquiste com características e atenda de forma simpática.

4. Tenha empatia

O que é empatia e qual a sua importância no atendimento

Empatia é uma palavra-chave para os vendedores.Ter empatia pelo seu cliente é uma das melhores formas de vender pois é ao se colocar no lugar dele, você entenderá como abordá-lo.

Empatia vai além de apenas persuadir e resolver os problemas dos clientes. Vai a entender a vida de cada um, ou seja, seus problemas pessoais. Saber ouvir, neste caso, é uma das maiores competências que um vendedor pode ter.

5. Eduque seu cliente

Vendas: saiba como a jornada do cliente é fundamental nas vendas | Olá  Multicom

Educar seu cliente é nutrí-lo com informações sobre seus produtos. Ou seja, esta fase, ligada fortemente com a empatia, a persuasão e a honestidade, se trata de oferecer ao cliente informações úteis para que, quando ele for realizar a compra, tenha tudo o que precisa.

6. Aja em um processo

Processo de Vendas: O Guia Definitivo Para Vender Mais

Para ser um bom vendedor em varejo, a nossa sexta dica é desenvolver um processo de vendas. Isso porque vender não é uma super habilidade que todo mundo vende para qualquer pessoa que conversamos.

Vendas se trata de um processo, que por mais simples que possa parecer, precisa estar alinhado com o produto ou serviço. Então, compreenda a jornada do seu consumidor, desde o interesse até o fechamento.

Está na hora de ser um bom vendedor em varejo!

Em conclusão, agora que você já sabe o que precisa para ser um bom vendedor em varejo, chegou a hora de colocar isso em prática! Lembre-se de que para ter bons resultados, você deve conhecer o cliente, seu produto ou serviço, agir com persuasão e empatia e atuar em um processo estratégico.

Deixe seu comentário